O diretor Eli Roth (O Albergue, Cabana do Inferno) está pensando seriamente na possibilidade de assumir o remake do clássico PAGUE PARA ENTRAR, REZE PARA SAIR, de Tobe Hooper, de 1981, conforme ele anuncia no site Bloody Disgusting.

"Estou conversando com a Universal sobre esse remake", Roth revela, "PAGUE PARA ENTRAR, REZE PARA SAIR é um filme cuja primeira metade é brilhante - eles construíram esses grandes personagens - e então eles não souberam usá-los. Você tem Marco, o mágico, serrando metade de sua filha, os irmãos que correram pelo parque e a ambientação da casa de diversões. E então é tudo sobre esses estranhos mutantes. Poderia ser sobre os garotos sendo mortos de horríveis maneiras, colocando-os em diferentes geringonças na casa de diversões e a garota final presa no carrinho, entrando nos túneis e confrontando as terríveis carcaças de seus amigos mortos. Um remake inteligente poderia ser bem divertido. Matar os garotos em maneiras fabulosas e reutilizar seus corpos num museu de aberrações, manteriam seus olhos fechados. Isso é o que eu gostaria de fazer num remake de PAGUE PARA ENTRAR, REZE PARA SAIR".

3 Necronomicon:

Esse filme chegou recentemente em dvd aqui no Brasil, não?

12 de junho de 2009 13:00  

ESSE filme faz parte da história da minah vida. Me que quandoe ra criança, estava no CA, minhas irmãs falavam que esse filme era pavoroso! Fiquei anos proucurando por "Pague para entrar e reze para sair". Quando comprei o importado em 2006 por 65 reais me decepcionei. Não sei se o filme é que é ruim ou se eu esperei muito por ele. 14 anos de espera é muito tempo não? Até comprei o brasileiro. Tenho duas cópias. Sei lá. Eu o tenho mais pois este é o filme da minha vida.

16 de junho de 2009 17:58  

Adoro esse filme!

30 de junho de 2009 15:37  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial